GOLFE FEMININO INICIA NAS OLIMPIADAS E BRASILEIRAS VÃO MAL

A disputa do golfe feminino nas olimpíadas iniciou nesta quarta-feira (17) e a paranaense Miriam Nagl teve a honra de dar a tacada inicial na competição. O Brasil conta com outra representante, Victória Lovelady, sendo o único país da America do Sul a ter duas representantes.

Para as brasileiras o primeiro dia não foi como o esperado, terminaram a primeira volta empatadas na 59ª colocação, com 79 (+8).  Miriam Nagl afirma que estava muito emocionada durante o jogo, mas que ainda tem 54 buracos para recuperar o placar.

A golfista tailandesa Ariya Jutanugarn, atual número 2 do mundo, começou na frente na briga pelas primeiras medalhas olímpicas de golfe feminino da história. Ela jogou 65 (-6), estabelecendo o recorde do Campo Olímpico de Golfe, para liderar a competição.

Essa é a primeira vez em que medalhas estão em jogo no golfe feminino. Em 1900, quando as mulheres disputaram a modalidade pela última vez em uma edição dos Jogos Olímpicos, em Paris, o prêmio foi uma tigela de cerâmica, conquistado pela americana Margaret Abbot.

Duas sul-coreanas estão na vice-liderança, com 66 (-5): Inbee Park, 5ª do mundo, e Seiyoung Kim, 6ª do ranking. A disputa pelas primeiras colocações promete, pois há três competidoras com 67 e outras quatro com 68 tacadas.

Clique aqui e acompanhe os resultados.

68T0269-1024x682

.

FPCG CLASSIC – Inscrições encerradas com mais de 500 golfistas inscritos

As inscrições do FPCG Classic encerrarão-se no dia 05 de julho, com mais de 500 …

Deixe uma resposta